segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Dicas - 7 Mitos do empreendedorismo via Instagram

Recentemente assisti a uma palestra muito boa com os fundadores do Instagram em Stanford, via Youtube, e resolvi compartilhar um pouco daquilo que eles transmitiram e de meus pensamentos a respeito.

Eles falaram principalmente de aspectos do empreendedorismo que muitos tomam como verdades, enquanto são apenas mitos ou falta de esclarecimento.


Mito 1: Você pode aprender a ser empreendedor lendo livros, blogs e indo em eventos.
Realidade:
  • Nunca os aspectos práticos da vida serão substituíveis pela teoria dos livros, principalmente ao que se refere ao ambiente que você está enfrentando, que não pode ser controlado. "Um dia de trabalho vale mais do que um ano de leitura";
  • Na vida real na maioria dos casos não temos informações suficiente para seguir em frente com nossos planos, exigindo coragem, que é algo emocional e não pode ser sentido durante uma ilustração;
  • Você só sente na pele, quando precisa abrir mão do seu tempo e de coisas que considera importantes para poder se dedicar a este projeto, entrando num conflito do que é mais valioso para você;
  • Faça com que o trabalho seja divertido, mas mantenha o comprometimento, pois perder dinheiro não é brincadeira.

Mito 2: Startups são iniciadas somente por estudantes da área de tecnologia.
Realidade:
  • A facilidade que esses caras tem é que eles estão acostumados a prototipar seus projetos, que é uma grande vantagem, mas nada que um um pouco de vontade e prática as pessoas que são formadas em outras áreas não consigam fazer. Posso citar como exemplo o caso de uma startup que foi acelerada pela equipe da Techstars, Everlater, cujos fundadores, quando tiveram a ideia ainda eram profissionais da área financeira e sabiam nada de programação;
  • Aliás, as vezes é até melhor que não se tenha formação na área de tecnologia, pois isso pode restringir sua visão inicial sobre negócios, se focando demais na criação do produto, correndo o risco de escalá-lo prematuramente (que é um dos maiores motivos porque as startups falham segundo o Startup Genome Report);
  • Se você quer construir uma startup tecnológica ou de qualquer outra área, mas não é especialista em algo extremamente necessário para o tipo de empresa, sugiro que se atente aos ambientes que freqüenta. Algumas das pessoas mais valiosas e especialistas em negócios, investimentos e tecnologia podem estar sentadas ao lado de vocês ou na fila de espera, vocês só precisam conversar e se conhecer. Aprenda a ter a mente aberta para conversas e não ter medo de compartilhar ideias e pedir opinião das pessoas nos eventos, na faculdade, no trabalho, etc.
Mito 3: Encontrar uma solução para o problema é a parte mais difícil.
Realidade:
  • Encontrar o problema a ser resolvido é a parte mais difícil. E os fundadores do Instagram fizeram seu brainstorming pensando ”quais os problemas existentes em fotos em aparelhos móveis?” e listaram os cinco principais problemas. Daí foi uma crescente até chegar onde estão hoje;
  • É fácil construir soluções para problemas que ninguém tem. Então, tome cuidado com o foco do projeto em que está trabalhando e leve seu produto até os possíveis clientes/usuários o quanto antes, para que eles experimentem e transmitam para você a realidade;
  • Não precisamos ter medo de resolver problemas simples e às vezes com soluções simples.

Mito 4: Trabalhe meses construindo um produto robusto em segredo, então lance-o ao mundo.
Realidade:
  • Você não consegue feedback rápido o suficiente para saber se está construindo o produto certo;
  • Colocar o seu produto em frente às pessoas para validá-lo é uma das experiências que mais abre o olho do empreendedor. Parafraseando Steve Blank, nenhum protótipo sobrevive ao primeiro contato com o cliente/usuário;
  • Falhe o mais cedo possível e freqüentemente, mas com um baixo custo.

Mito 5: Comece uma guerra de lances entre os VCs com seu pitch (apresentação).
Realidade:
  • Consiga apenas dinheiro suficiente para fazer o negóciodecolar, com certeza é menos do que você espera;
  • Otimize seu produto pelas pessoas e não pelo valuation, pois obter investimentos para sua startup não é para ficar rico e ganhar mais dinheiro, mas para desenvolver um bom produto, melhorar a equipe e vender mais. Dinheiro será consequência;
  • Foque no protótipo e não na apresentação, ele fala mais do que uma apresentação teórica. O protótipo fala por si o que está sendo oferecido, pois é mais tangível. Enquanto que numa apresentação não há clareza total no funcionamento dos produtos e pode acabar iludindo a platéia, de forma positiva ou negativa.
Mito 6: Começar uma companhia é igual a construir um produto.
Realidade:
  • Os esforços na verdade se dividem quase 50% para construir um produto e 50% para outras coisas, ou seja exige muito mais trabalho do que se imagina;
  • Construir um time é muito importante para que consiga construir uma companhia. Recrutar, construir e gerenciar uma equipe;
  • Conseguir investimentos/ funding pode tomar muito tempo, por isso deixe para depois.
  • Gerenciar seu fluxo de caixa, emissão de notas, preencher formulários, pensar em seguro, acessórios do escritório, etc. toma bastante tempo do seu dia, principalmente se ele é igual ao meu, tem apenas 24 horas.
Mito 7: Startups de sucesso surgem de uma única grande idéia
Realidade:
  • A primeira idéia normalmente não é a última. E se for pode ter certeza que o negócio não dará certo, pois para sobreviver as empresas precisam recriar seus produtos/serviços constantemente;
  • Idéias são fruto de iterações com usuários/clientes, o que ajuda na identificação de problemas a serem solucionados;
  • Compartilhar e discutir ajuda a refinar cada uma das idéias. Não no bar, porque lá as pessoas estão interessadas em fazer outras coisas;
  • A idéia é apenas um tema que você tem a seguir para todas as próximas inspirações, ela é o problema que você quer resolver, a pergunta que quer responder.
Mito 8: Grandes startups acontecem repentinamente.
Realidade:
  • Sucesso do dia para a noite demora alguns anos, assim como o Twitter, demorou uns 5 anos, e a Rovio Entertainment, desenvolvedora de games, que levou quase uma década para emplacar um game de sucesso, o Angry Birds;
  • Sucesso é fruto de um caminho construído ao longo do tempo.
  • O sucesso parece obvio numa retrospectiva, mas na realidade não foi assim tão simples;
  • Pare de pensar no destino e comece a pensar nos próximos passos e no caminho que você tem a passar. Afinal, a jornada tem que ser tão prazerosa quanto o destino.
  • Instagram conseguiu milhares de usuários e em menos de 24 horas e apesar disso ser atribuído a umas série de divulgação por grandes usuários de comunidades específicas, não foi uma ação planejada, mas eles acreditam que isso pode acontecer com qualquer um que tenha um produto útil e prático.

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe conosco sua experiência empreendedora ou envie-nos suas dúvidas e sugestões.

Se você tem vergonha de seu comentário ou de sua idéia, por que acha que nós nos orgulharíamos em publicá-la? Então, por favor, não seja anônimo.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More